Desfragmentos

De um coração que já não existe mais.

Ja mata 2010.

Últimos dias do ano e aparece àquela nostalgia de tudo que aconteceu neste ano, se foi bom ou ruim e quase todos os momentos aparecem naquele filme na tua mente, aqueles mais marcantes ou até mesmo aqueles que você tinha esquecido não por serem insignificantes, mas por terem acontecido tantas outras coisas que ele ficou ali no fundo da tua memória. Foram tantos choros e risadas que se for para descrever não caberia neste simples texto de despedida.
São estes últimos dias de dezembro que cai a ficha que todas as promessas que são feitas na virada de ano são só promessas e quase sempre não são compridas; e aqueles pedidos são só pedidos feitos ao vento que se for pra acontecer você que tem que lutar por isso e ter força para chegar até o fim pois o caminho não é fácil é árduo e doloroso para tudo o que queremos, nada acontece por acaso é só o seu destino batendo à sua porta, e muitas vezes pode mudá-lo é só querer! Não adianta ficar parado esperando as coisas acontecerem e só pedir a Deus!
Fazer algo diferente nesse fim de ano, não terá promessas e nem pedidos só uma transição de ano com energias positivas para coisas boas acontecerem e força para lutar por cada coisa que desejo fazer. E sem pensar no que poderia ter feito por ter feito um ano melhor, pois o ontem faz parte do passado e o amanhã é o que interessa!



Pensei em uma retrospectiva desse ano, cada momento traduzido em uma música, mas seria muita coisa, então só uma música que foi bastante difícil achar só uma que traduza tudo que vivi este ano.







Seja você, isso basta!

Pula.

'meu coração pula pra fora da boca toda vez que você fala meu nome.'


(Sumara Canzi)
22/12/2010
21:05

Fecho.

'quando fecho os olhos me vêem aquele friozinho na barriga e só me lembro de você.'














Sumara Canzi
20/12/2010
22:47

Jogada.

'Felicidade não tem que ser jogada na cara de ninguém, e sim ser vivida'




Sumara Canzi
26/12/2010
14:21

Adeus.

'Toda história de amor é um adeus.'

(Retirado da série: 'Afinal o que querem as mulheres?' 09/12/2010)

' ...a dor é a unica lembrança de que ele era real'

'Alice,
    você desapareceu, como todo o resto. Com quem mais posso conversar? Estou perdida. Quando você foi embora e ele foi embora, vocês levaram tudo com vocês mas sinto a ausência dele aonde quer que eu olhe. É como se um grande buraco tivesse sido aberto no meu peito. Mas de certa forma forma estou feliz, a dor é a unica lembrança de que ele era real, de que todos vocês eram.'








(Retirado do Filme: Lua Nova)


Postagem 100, 3 anos de blog.

Noites.

Todas as noites a minha ferida exposta sangra um pouco mais, lembrando o quanto é lindo o seu sorriso.

Voz.

Vontade de pode te ligar e ouvir sua voz e também dizer tudo que está guardado aqui dentro, e te provar que seu sorriso e seu olhar são o motivo da minha existência que ficar sem eles eu vivo em uma eterna escuridão. Volte pra minha vida que lhe provarei o que é ser feliz.



Lágrimas.

Não restam mas lágrimas à serem derramadas por você, foram tantas que acabaram se secando; afinal até as lágrimas cansam um dia e o engraçado que o meu coração não se cansou de você,
até todos em minha volta ao ouvir seu nome se cansaram mas alguns insistem em dizer que por mais que você seja errado pra mim e a pessoa que amo, desejo incansável que este pensamento
se torne improvável à verdade nua e crua. Lembranças devem ser esquecidas e as feridas cicatrizadas para um sorriso verdadeiro e lindo aparecer e sendo assim tudo ficar no passado
intocado das lembranças mórbidas!