Desfragmentos

De um coração que já não existe mais.

Pra sempre?

O que é pra sempre?

- A amizade (virtual ou real) sendo verdadeira;
- A família mesmo entre brigas;
- A música que te faz feliz;
- Olha pra céu num dia lindo;
- A chuva nas melhores tardes;
- As lembranças da infância;
- Os estudos;
- As histórias;
- A sua banda preferida (mesmo ela acabando);
- O amor verdadeiro;
- Recordações de uma tarde de verão;
- Amor de mãe;
- Amor de irmão;
- Aquela decisão que muda sua vida.

O que não é pra sempre:

- Palavras ditas em vão;
- Paixão;
- ódio;
- Coisas materiais;
- Cartas;
- Fotos;
- Carro;
- Casa;
- Casamento;
- Namoro.


Nada é pra sempre quando não é verdadeiro, não importa o que aconteça se você não sonhar e lutar pelo aquilo que queres ou der valor nas coisas simples da vida nada vai dar certo!
O maior culpado de tudo que aconteça em sua vida é você, você é o ator principal, não adianta culpar ninguém pelos seus atos, pois será você mesmo que irá ser atingido por tudo que faz!

Então pense antes de fazer algo, lute pelo o que sonha e almeja, Sonhe pois é o alicerce de sua vida, Ame como se não houvesse amanhã e Seja você mesmo que ninguém lhe aceite!


Assinado: Sumara Canzi no dia 14 de dezembro de 2009 às 21 horas e 05 minutos.

Uma porcaria qualquer pra uma Trankera!

Era uma vez uma moça que morava na Capital, e ela tinha tudo o que uma moça que morava no Interior queria ter... Essa moça da capital tinha cabelos longos, e uma simpatia que cativava qualquer ser vivo, de qualquer planeta... E cativou a moça do interior... E a moça do interior começou perceber que a moça da capital era especial de verdade, e elas começaram descobrir que o passado as aproximava, como se elas sempre tivessem vivido juntas, como se a capital e o interior fosse mais próximo do que dois cômodos de uma mesma casa. E essa moça da capital proporcionou à moça do interior conhecimento de coisas que ela jamais sonhara em conhecer, sentimentos que ela não imaginava que pudessem acontecer com tanta intensidade, uma relação de confiança e amizade que ela jamais havia conhecido em outros tempos, nem com outras moças, ou moços... E assim, de mansinho, com um jeito todo urbano e particular, a moça da capital conquistou mais que a amizade da moça do interior, ela conquistou a admiração... E hoje, a moça do interior tem total certeza de que um dia, mais cedo ou mais tarde, encontrará sua melhor amiga... A moça da capital.



Texto: Thalita Simoni
Para: Sumara Canzi

Obrigada Thalita (L)
Meu coração não é de ferro (y)

Amo te

"Queria o tanto que você abrisse seus olhos para poder ver quem realmente te ama, aquela que faz tudo por ti, sou capaz de remover a terra e o céu para ti ver, sou capaz de ter as estrelas e tudo aquilo que você deseja para ti ver feliz ao meu lado! Eu não estou aproveitando de ti como às outras e sim te amando! Cansei de fingir tudo isso, não sei até quando poderei segurar esse sentimento é só me dar uma chance, ai você verá o tanto que vale a pena!

Eu te amo como nunca amei ninguém, você é único em minha vida, por mais que eu tente te esquecer e me relacionar com alguém é por ti que fecho os olhos, é por ti que sonho todas as noites, é por você que dedico todas as músicas românticas que escuto, é por você que faço tudo! Não sei se vale a pena te amar assim, com certeza não vale mais meu coração não escuta a razão e só quer saber de te amar, abra teu coração e teus olhos pra mim, eu sou muito mais que sua amiga EU TE AMO como nunca alguém te amou!"

.


"Meu vicio é você, eu preciso encontrar um jeito de viver onde eu possa refazer cada sonho.."

' Adeus.

"Quando eu vivo esse encontro,
Eu digo adeus
Refaço os meus planos
Pra rimar com os seus

Abandono o que é pronto
E digo adeus
Eu trago os meus sonhos
Pra somar aos seus

E toda vez que vier
Felicidade vai trazer
A cada vez que quiser,
Basta a gente querer
Ser desta vez a melhor

E toda vez que vier
Felicidade a mais
A cada vez que quiser
Basta a gente dizer
Só uma vez,
Uma só voz"

(Moveis coloniais de acaju)

'Medo

"Meu maior medo é o futuro....
É ter a certeza que estou aqui te esperando
Mas não ter a certeza se vou te ver
Se vou poder ou ter a coragem de olhar em teus olhos e dizer tudo que está guardado aqui dentro do meu coração!
Se vou poder te ter nos meus braços igual nos meus sonhos
Se você será meu como sonho em ser tua!

Não me pergunte pelo qual motivo te amo, pois nem meu coração sabe a resposta!"


"Não vou mais entregar
Os meus sonhos a ninguém
E você a outro alguém
Sinto até você
Aqui
E o tempo para
Pra ver
Se vou
Alcançar
Quem sabe poderia ser
Quem sabe poderia ser bem melhor
Bem melhor..."

sz'

"Quando o coração estar feliz até esquece das dores físicas."

Coração

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh


Eu te amo, tenta entender sz'


ps. eu precisava gritar.

Falta...

Sinto falta de tanta coisa que nem sei dizer..
Só sei que quero sentir aquilo novamente:
Aquele calor em meus braços;
Aquele sorriso ao me ver;

Aquelas palavras doces;
Aquele carinho;

Aquele olhar;

Aquele beijo de apaixonado;

Aquele movimento;

Aquele melhor abraço;

Aquele conforto ao dormir;
Aqueles sonhos..



Eu quero sentir tudo aquilo novamente, mas de um jeito diferente e com quem faça valer a pena!
Enquanto isso vou seguindo o som.... (8)

Vontade

Vontades(?)
Isto pra mim é uma icógnita até o presente momento, pois nunca conseguir fazer algo que realmente queria fazer! Só minha facul mas isto não vem ao caso no momento!

Então qual seria minha vontade no momento?
Esquece aquele que me fez mulher!
Esquece o trabalho!
Esquece a familia!
Esquece o Brasil, mas por qual motivo você deseja esquecer o Brasil?
"Pelo o qual meu coração realmente está no Japão!
É resolvi assumir isto hoje, que eu o amo ele é o único que poderia me afzer feliz depois de tanto tempo mas a distância e a verdadeira amizade que cresceu dentro de nós me fez ocultar este desejo!"

Qual seria minha real vontade?

'ver


..."Como feijão e arroz que só se encontram depois de abandonar a embalagem. Mas como entender que os dois. Por serem feijão e arroz. Se encontram só de passagem. Me jogo da panela. Pra nela eu me perder. Me sirvo a vontade... que vontade de te ver"...


Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.
Lembrança é quando, mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta
um capítulo.
Angústia é um nó muito apertado bem no meio do sossego.
Preocupação é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.
Indecisão é quando você sabe muito bem o que quer mas acha que devia querer outra coisa.
Certeza é quando a idéia cansa de procurar e pára.
Intuição é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.
Pressentimento é quando passa em você o trailer de um filme que pode ser que nem exista.
Vergonha é um pano preto que você quer pra se cobrir naquela hora.
Ansiedade é quando sempre faltam muitos minutos para o que quer que seja.
Interesse é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.
Sentimento é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado.
Raiva é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.
Tristeza é uma mão gigante que aperta seu coração
Felicidade é um agora que não tem pressa nenhuma.
Amizade é quando você não faz questão de você e se empresta pros outros.
Culpa é quando você cisma que podia ter feito diferente mas, geralmente, não podia.
Lucidez é um acesso de loucura ao contrário.
Razão é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.
Vontade é um desejo que cisma que você é a casa dele.
Paixão é quando apesar da palavra ¨perigo¨ o desejo chega e entra.
Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado.
Não... Amor é um exagero... também não.
Um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego?
Talvez porque não tenha sentido, talvez porque não tenha explicação,
Esse negócio de amor, não sei explicar.